Thursday, 30 June 2011

(um post à parte)

Há dois dias a minha irmã mais nova dirigiu-se a mim com a seguinte pergunta? "Mas porquê que agora já não fazes posts diariamente?" Ao que lhe respondi que não andava com tempo nem disposição para mais. Ela disse-me então que podia sempre tirar uma foto de manhã antes de sair de casa e que tudo voltaria ao normal. Pois, talvez sim. Mas eu não faço posts só porque sim.
Ainda que este blog não seja um espaço onde eu possa intlectualizar as minhas ideias sobre coisas muito mais importantes no mundo do que moda, não deixa de ser um blog assinado por mim. Logo tudo o que faço tento que seja bem feito, até porque tenho orgulho deste cantinho específico. E por aí ficou a história. Ontem foi a vez do meu irmão, que criticou amplamente este blog desde o começo, que me veio com uma tirada que partilhei no meu facebook pessoal. Disse-me: "Hoje li sobre blogs de moda e todos têm muito mais visitas do que tu e imensas prendas, até iPads." Ao que lhe respondi naturalmente: "Pois e também há quem tenha uma vida..." E com estas minhas palavras ou com a partilha delas publicamente não quero de alguma forma criticar quem o faça. Quem invista mais tempo no seu blog, quem tenha objectivos delineados de patrocinios e números de seguidores e lute para os ter. Admiro a evolução de certas pessoas neste sentido e já lhes disse pessoalmente. Eu não tenho, nunca tive. Claro que é agradável ser contactada por marcas que até me identifico, claro que gosto de oferecer presentes interessantes. Mas antes de criar este blog eu já estava encaminhada para o mercado de trabalho. O blog foi algo para o qual tive de arranjar espaço na minha vida e não o contrário. Quem me dera diariamente poder fazer posts com looks deslumbrantes, com textos a acompanhar que me orgulhassem ainda mais do que as fotos, mas não consigo. E não tenho a obrigação de sentir a obrigação de o fazer.
Eu sei quem são as pessoas que passam por cá e gostam. As pessoas deste "mundo" de quem também gosto sabem quem são. E estou pouco me maribando para os carimbos de "féshion blogger", "blogs do verniz" e coisas assim. Sabem os icebergs, em que só lhes vemos a superficie? Perfeito.
E não, isto não é um pedido de desculpa porque acho que não tenho motivos para tal. É apenas um esclarecimento que senti necessidade de fazer, talvez por o "ataque" ter vindo do meu sangue. Também não é uma dissertação sobre a blogosfera, lamento mas há metatextos que me agradam mais...
Eu tenho perfeita noção do que a maioria dos visitantes gosta de ver neste blog, é fácil entender pelo número de comentários. Gostam de ver fotos pessoais. E eu cada vez menos gosto de as publicar e só o farei quando achar que se justifica no âmbito de um diário de moda e não de uma extensão do meu facebook onde se faz um upload do telefone como quem bebe um copo de água. Por isso este post não tem qualquer imagem, não é escrito em inglês e não usei uma única vez a palavra fashion (féshion não conta). E mais uma vez digo, há blogs muito bons sobre moda para lerem. Muito bons mesmo. Basta passearem nas minhas caixas de comentários e clicarem nos  links para perceberem isso. E são pessoas que admiro. Mas eu... Eu tenho mau feitio e costuma-se dizer que os cães ficam parecidos com os donos. O modo chamado fútil, cor-de-rosa e semi pateta voltará em breve. Mas esta noite sonhei com o Persona e Bergman raramente me passa ao lado...

29 comments:

  1. Faças o que fizeres, o importante é que te sintas bem. Essa máxima aplica-se a qualquer blogue. Eu continuarei a vir cá ;)

    **

    ReplyDelete
  2. Excelente post miúda!!!
    Se é o que sentes, se é assim que és...só tens de continuar a seres "tu" ;)


    Biju*
    http://ivaniadiamond.blogspot.com/

    ReplyDelete
  3. Passo cá regularmente e gosto do blog assim como está :)

    Beijinho*

    www.fulldiamondjacket.blogspot.com

    ReplyDelete
  4. Concordo tanto contigo. :-) Ou não tivesse escrito algo na mesma linha de pensamento como já pudeste verificar.

    ReplyDelete
  5. Gostei do post. Adoro o teu blog tal como é...é o TEU blog.A tua marca.

    Continua assim Raquel.

    Parabéns pelo Blog e pelo teu "mau feitio" (se tu o dizes...)!

    Beijinhos

    ReplyDelete
  6. não seria tremendamente chato se todos tivessemos o mesmo objectivo na vida? não seria parvo se todos tivessemos o mesmo assunto? não seria monotono se todos falassemos e pensassemos o mesmo?
    a criatividade, o sal, deriva das nossas diferenças, temos que saber integrá-las e viver com as diferenças dos outros, esperando reciprocidade.
    quelaros, cada qual com a sua opinião acerca de dado assunto, seja ele politica ou blogs de verniz. mas coisa que me irrita é critica com desconhecimento de causa. eu não falo de agricultura do sri lanka porque não conheço.
    sinceramente, irrita me comentarios desprovidos de conteudo tipo "nice qualquer merda", sabes que sim e não posso evitar dize lo. sobretudo quando o texto é tão bom. e irrita me comentarios tipo "segue me por favor". não suporto e lamento por isso mas não sou capaz de o fazer só porque me mandam ou porque tenho que retribuir a atenção. tem que se provar que se merece a atenção ou esse seguidismo!

    (e teria bem mais a dizer sobre este assunto)

    **

    ReplyDelete
  7. Gosto do teu blog e de qualquer outro blog que sigo por cada um é a essencia, vontade, disposição de cada um.
    Eu não posto todos os dias nem coloco fotos minhas todos os dias apenas quando me apetece faze-lo e ninguem tem de criticar.
    Quem te segue gosta do que postas ;)

    ReplyDelete
  8. Percebo-te prefeitamente tenho fases menos inspiradas e com menos vontade e também não faço post, um blog é uma página pessoal uma forma de nos distrairmos e de fugir da rotina do dia a dia, se se torna numa obrigação perde toda a piada, faças o que fizeres e quando fizeres nós vamos aparecendo :)

    ReplyDelete
  9. O blog é um sitio muito pessoal onde cada blogger tem que ser verdadeiro consigo próprio acima de tudo. Cada um é como cada qual e portanto estou totalmente de acordo contigo!
    Bem sei como é díficil manter o blog actualizado, para quem não sabe tenho um emprego a full time e outro a part-time portanto todos os momentos em que faço algo para meu blog é com muita paixão e dedicação. Não faz sentido nenhum não sermos nós próprios.

    Um beijinho,
    Zahra

    ReplyDelete
  10. Eu não tenho tido tempo para o blogue e prefiro não postar. Gosto de pôr um bocado de mim nos textos...

    ReplyDelete
  11. Ainda bem que as nossas conversas têm algum efeito! Mais vale ser um irmão resmungão, ausente... Tens muitas qualidades, por isso aplica-as da forma que melhor entenderes. Beijinho!

    ReplyDelete
  12. Mais vale ser um irmão resmungão que ausente!

    ReplyDelete
  13. Irmão tu és resmungão e eu adoro-te caso contrário nem me dava ao trabalho de falar aqui tanto de ti. (Vieste ao meu blog??? :O)

    ReplyDelete
  14. Raquel, gostei muito de ler o teu texto. Mais uma vez dou razao a mim mesma quando digo que podem haver mulheres lindissimas e inteligentes, e tu provas que eu tenho razao! O teu texto mostra que nao es uma pessoa futil, mas sim uma mulher que apesar de gostar da moda, de ser elegante, nao e uma escrava da tao chamada fashion....
    Um blog nao deve ser feito porque tem de ser, mas sim para nos relaxar e sentir bem. Eu tenho quase 40 anos, sou mae de duas criancas, tenho um trabalho exigente,uma casa para cuidar,etc. O meu blog e so uma forma de eu lembrar a mim mesma que apesar dos anos passarem, da beleza comecar a desaparecer,da routina do dia-a-dia, eu ainda consigo ser atraente,elegante, para mim, para o meu marido,e para os outros.
    Acho que o teu irmao esta a tentar dizer que gosta muito de ti...e que te admira.
    Desculpa o meu mau portugues...15 anos na Grecia ja sao suficientes para falar mal a minha lingua maternal.
    Continua a fazer coisas nas quais acreditas: there is no other way!
    Jocas

    ReplyDelete
  15. Já lhe disse na minha casa, repito agora aqui: gosto do seu blogue porque é honesto, franco, espontâneo, sem armar aos cucos com peças que se vê a léguas que são de imitação e a que chamam Hermès (logo essa, a mais cara de todas), Chanel ou Vuitton.
    Gosto do gosto, sóbrio e clássico sometimes with an edge, usaria praticamente tudo se tivesse a sua idade, usaria muita coisa. E é um prazer ver um blogue português com uma pessoa bonita e de ar fresco, em vez de um trambolho de cabelo mal lavado.

    Como tal, nada de desânimos, hã? E bem sabe que o meu interesse por moda é mesmo muito reduzido.

    ReplyDelete
  16. :) raqueleee maria como gostei deste texto..!!!! é por isto que ca venho!! adoro a tua frontalidade e à vontade com a tua personalidade, cada um é mesmo como é e ponto final, n tens de fazer nada só pq sim ou por obrigação. nós queremos-te livre e expontanea! SEMPRE! e as views......há tanta porcaria de blog (minha opiniao) cheio de floreados e patrocinios e outros TAO BONS e sem nada, mas hey: foi pelo patrocino que criamos os blogs ou pela partilha? o que vier por acréscimo..vem! estás no caminho certo *

    ReplyDelete
  17. E mais uma vez adoro o texto que escreves.

    Sempre que cá venho ao teu blog gosto do que vejo, por isso continua a fazer só o que gostas e, o que e, quando te apetece ;))

    Beijinhos*

    ReplyDelete
  18. Raquel continua autentica, o teu blog é mt mt bom!

    Beijinho,
    sara

    ReplyDelete
  19. Eu gosto bastante do blog e apesar de não comentar muito, já o sigo :) Independentemente do nº de comentários e quer existam patrocinios ou não é a nossa essência que define o nosso blog! Continua com o bom trabalho.

    http://checkinmyideas.blogspot.com/

    ReplyDelete
  20. Eu gosto do teu blogue.
    Gostei do que escreveste.
    O que importa é por sempre amor naquilo que fazemos.
    Continua a fazer as coisas da forma como gostas mais,quem fica é quem mais importa:)
    Bjjjs.

    ReplyDelete
  21. eu adoro o teu blog!!!!
    antes de ires, uma pergunta que sempre quis fazer...es tu na fotografia de abertura do blog???

    beijinhooos

    ReplyDelete
  22. I need to say I was not fishing for compliments!

    ...Mas fiquei muito contente de ler os comentários (olá Irmão outra vez) a um texto cuspido depois de uma noite mal dormida sobre um assunto que senti necessidade de falar. Tantos comentários a um texto sem imagens num blog de moda... Um honesto obrigada pelo feedback inesperado e amanhã ou para a semana ou depois cá estarei com mais trapos e afins ;)

    E sim sou eu na foto do header que a minha irmã, com todo o seu talento, tirou há cerca de um ano na praia da nossa infância.

    Beijinhos

    ReplyDelete
  23. CLAP CLAP CLAP! Adorei!! E partilho exactamente a mesma filosofia... Eu posto quase diáriamente, mas porque o blogue éum vício, e não uma orbigação! Receber comentários é optimo no sentido de receber opiniões iguais ou diferentes das nossas, ter seguidores é bom, no sentido que sentimos que x pessoas gostaram do que viram! Eu sou anti publicidade no blogue, mas não critico quem o faz... Simplesmente acho que tira "personalidade" aos espaços. (:

    Beijinhos

    ReplyDelete
  24. Excelente post! E ainda bem que continuas a ser tu própria nesta blogolândia que tantas vezes está tão "pequenina" e descaracterizada.
    beijinhos

    ReplyDelete
  25. Revi-me muito no que escreveste porque também estão-me sempre a apontar o facto de não fazer posts todos os dias, nem pouco mais ou menos!
    (com pena minha é verdade - e tb de não ter mais tempo para ler os blogs que gosto)
    Mas quem.... trabalha e gosta de passear e viajar nem que seja so para ir ter com aquele amigo que ja nao vê há mais de 2 semanas .... é assim mesmo! Eu não acho que o teu blog seja um extensão do teu facebook muito longe disso!!!
    E tb adoro ver os outfits, gosto de ver o que o resto do pessoal com o mesmo gosto que eu por moda anda a usar no momento!
    E esses, os "inspiration" e as dicas de saldos e pechinchas são os meus faves ;)

    O teu mano pode não gostar...but WHO CARES ... he's a guy for god sake...he knows nothing :D

    EU GÔTO!!!! MUiTO!!!!
    beijinhos *

    ReplyDelete
  26. Concordo com tudo. Diria mais coisas mas o meu vocabolário é limitado! (Mas percebi tudo)

    Beijinhos, Mayte S.

    ReplyDelete
  27. Confesso que só comecei a seguir o teu blog tempos depois deste post e não tinha tido oportunidade de o ler. Mas agora que partilhaste o link no Facebook aqui vim eu e devo dizer-te que adorei o texto. Um blog deve ser uma extensão de nós próprios, da nossa forma de estar e da nossa personalidade e não apenas aquilo que os outros desejam que ele seja. Aí estaremos a perder-nos um pouco e deixará de ser o nosso blog. Se não escrevemos diariamente? Isso significa que ou não estamos inspiradas ou existem coisas na vida além blogosfera que nos fazem não escrever. Continua a ser a pessoa tão autêntica que és porque esse é o verdadeiro motivo porque tantas pessoas gostam de te ler :)

    ReplyDelete

I believe in the power of Love! Thank you for coming and sharing.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...