Friday, 27 June 2014

My first Louboutin

Não há amor como o primeiro, disso tenho a certeza. E se há muito tinha negado o meu fascínio por sapatos Christian Louboutin, ontem tudo voltou como se da primeira vez se tratasse. Foi amor, tenho a certeza. E apaixonada, fiquei em estado de êxtase com o meu primeiro par de Christian Louboutin. Já em 2011 tinha tentado comprar uns (e relatei-o aqui), os clássicos, os Pigalle, os Bianca ou outros que ficassem para uma vida. Eram-me desconfortáveis no pé e pareceram-me mais fogo de vista, não era aquilo que eu realmente precisava apesar de todo o aparato que a sola vermelha cria. Jurei que só o tentaria de novo em saldo, o que aconteceu. Desta vez foi diferente. Já o ano passado optei por Prada e quis-me casar em Yves Saint Laurent, para mim Louboutin estavam dead as disco. Mas estes meninos fizeram-me mudar de ideias. São versáteis, dão para Verão e Inverno, são pretos e têm um je ne sais quoi fetichista que me prendeu a eles. Melhor, são leves e confortáveis, condições pouco comuns nesta marca. E assim foi, o meu primeiro par de solas vermelhas. Disse-o à menina da loja: são os primeiros sabe? E ela riu-se com aquela cara cúmplice de quem entende. Afinal estava errada. Louboutin não são tão 2008 assim. Eu é que ainda não tinha encontrado os meus. E assim que acontece. Ai... Não há amor como o primeiro nem auto-presentes que saibam tão bem assim. 


4 comments:

  1. Adoro-os. Que sorte!

    http://theloveisskinny.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  2. Muito sensuais e elegantes. Excelente!

    ReplyDelete
  3. São um sonho. Sortuda.

    ReplyDelete
  4. Ando há anos para fazer o investimento! Mas para mim têm de ser os tradicionais pretos em salto médio!

    ReplyDelete

I believe in the power of Love! Thank you for coming and sharing.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...