Monday, 20 March 2017

Nunca a expressão 33 Primaveras fez tanto sentido....

Há um ano atrás estava a passar uma fase de crescimento, descoberta e profunda aprendizagem. Consequentemente estava também afastada das redes sociais e tudo que pudesse toldar a minha percepcção do mundo tal como ele é. Qualquer dia voltarei a fazer o mesmo, aliás aconselho este detox de redes sociais a qualquer pessoa, ainda que possa ser por um período mais curto. No fundo tudo se traduz em estar conectada, enraizada e focada no presente. Que são três dos motivos pelos quais pratico yoga. Mas isso dá tema para outro post, vários aliás.

Há um ano eu não partilhava nada pessoal no blog nem no Facebook mas nunca deixei de escrever (está-me no sangue). E foi assim que criei um scrapbook, ou diário, que hoje guardo com muita estima (e vontade de fazer uma edição de 2017). E no primeiro dia da Primavera de há um ano atrás, eu escrevi este pequeno texto, que acho agora interessante recuperar para este espaço. Até porque tal como hoje tratava-se de um dia com uma luz pouco primaveril, fazia frio lá fora, e as questões que se punham até podem já ter sido respondidas, mas não impede que outras novas hoje surjam, fruto das respostas que entretanto chegaram. E hoje, 20 de Março, dia Internacional da Felicidade, é um dia excelente para trazer à luz palavras sentidas, porém bem guardadas num livro fechado.

Primavera é a altura do desabrochar das flores, open always petal by petal as Spring opens (touching skilfully, mysteriously) her first rose, como escreve E.E. Cummings. É tempo para investir em coisas novas, criar, renovar e inovar... O tempo e a terra fértil jogam a nossa favor. Não deixem passar esta época de criação em vão. Arrisquem! (Tal como eu arrisquei há coisa de 364 dias atrás.... E que bem me saí!)



"Chegou a Primavera num dia de trovoada no mar. Lua cheia encoberta pela neblina, corações expostos ao peito. Chegou a altura de responder à pergunta primordial: Quem és tu, miúda... O pôr-do-sol pode distrair mas não apaga. As respostas fazem-se respeitar. Os sentimentos toldam a assertividade. Está na altura de crescer!"

[A nível de tendências lá chegaremos. Não queiram abraçar toda a novidade num dia. Lentamente deixamos os tons nivelados a cinza e abraçamos os pasteis, com o magenta a reinar. A Primavera, a par do Outono, é uma época óptima para ser criativo a nível de estilo. Experimentem coisas que sempre acharam que não vos ficariam bem, comprem pelo menos uma camisa nova e deixem-se mergulhar nos materiais mais leves. O algodão tem prioridade, os brancos também. Abracem as sobreposições e brinquem com a palete de cores. Permitam reinventarem-se, pétala a pétala, camada a camada, tal como a rosa do poeta.]

Balenciaga SS 17

 Celine SS 17


No comments:

Post a Comment

I believe in the power of Love! Thank you for coming and sharing.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...